toldo cortinaComo é feita a reforma do toldo cortina?

Você sabe como é feita a reforma do toldo cortina? Num modo geral as residências ou empresas que possuem algum espaço aberto e desejam proteger esses ambientes contra sol forte, chuvas repentinas ou ventos gelados que se formam em certas épocas do ano optam pelo toldo cortina. Mas você sabe como é feita a reforma desse tipo de toldo? Pois bem, nesse artigo iremos responder a esta e várias outras questões relacionadas à reforma de toldos cortina.

Quem adquire esse tipo de toldo precisa fazer uma reforma depois de alguns anos de uso, isso para manter a aparência e prolongar ainda mais sua útil. Primeiramente é importante ressaltar a vida útil do toldo cortina se deve ao excelente material no qual ele é confeccionado, esses materiais, sendo de boa qualidade, duram muitos anos.

Quando a primeira reforma é feita já se passaram aproximadamente oito a dez anos. Nessa ocasião, a pessoa trocará somente a lona, substituindo-a por outra nova.

A estrutura permanece a mesma, sendo feito somente uma reforma com pintura nova. As estruturas são lixadas, limpas e repintadas.

A partir daí o toldo vai ter mais 10 nos de vida. Na segunda reforma a estrutura já não vai está mais tão resistente como da primeira vez, sendo assim, é necessário uma avaliação por profissionais especializados para saber se a estrutura ainda aguenta mais uma troca de lona. Se a avaliação do profissional for positiva, o toldo cortina deverá ter mais uma etapa de vida útil de aproximadamente cinco anos devido a fragilidade em que a estrutura já se encontra.

Tenho que trocar todos os acessórios do toldo cortina?




Quando uma reforma do toldo cortina é solicitada pelo cliente, cabe ao profissional da área orienta-lo nessa questão, pois, em alguns casos, peças tais como as meias-cana, piões, ponteiras e etc, não são necessário ser tocadas, pois, são materiais resistentes e tem vida útil muito prolongada.

Já no caso de máquinas redutoras responsáveis pelo acionamento do toldo cortina, podem dar algum problema devido a utilização. As peças internas desse equipamento se desgastam com o tempo devido a movimentos repetitivos.

No caso dos mosquetões (peças que mantem o toldo cortina esticado), pode haver a necessidade de serem trocados por diversos motivos, e o mais comum é que a peça pode se quebrar devido o mau uso.

custo-benefício do toldo cortina  é bem atrativo, pois são fáceis de lavar e de mantê-los, além de apresentar uma grande resistência aos fenômenos naturais – ventos, chuvas, raios solares, etc,

Como os toldos cortina geralmente são usados na proteção de ambientes externos, o seu material acaba sofrendo um desgaste com o passar do tempo.

Em alguns casos, o toldo é mal instalado e acaba sofrendo um desgaste maior ainda – ele pode acumular água em certa região, ficar torto, etc.

Por isso é interessante que você providencie a reforma com profissionais qualificados, assim, você renova a aparência do produto, garantindo uma vida útil maior ao seu toldo.

Para realizar a reforma do toldo cortina você deve contar com o suporte de uma empresa especializada no assunto. Os profissionais devem ter a habilidade necessária para fazer a avaliação do material e realizar a sua troca quando necessário.

Além disso, a reforma de toldo cortina deve ser feita com material que seja durável e apresente excelentes propriedades físicas. Além disso, deve apresentar uma elevada resistência a corrosão – Esse é um dos problemas mais frequentes na hora de escolher. Existem no mercado duas marcas de lona que tem garantia de cinco anos e ótima vida útil podendo chegar a dez anos de uso.

Gostou do artigo? Está pensando em reformar sua estrutura de toldos? Deixe seu comentário. Ficaremos felizes em responder. 

Veja Esse Vídeo!

toldos transparentes para varandatoldo cortina retrátil para sacadas

Gostou deste conteúdo? Não se esqueça de deixar seu voto logo abaixo 
5 (100%) 4 votes